Conecte-se com a gente

Mundo

Estiagem: 637 mil pessoas foram afetadas no Amazonas

Especialista explica os impactos da seca para a população do estado

Estiagem: 637 mil pessoas foram afetadas no Amazonas

No Amazonas, 637 mil pessoas foram afetadas pela estiagem, conforme indica o último boletim divulgado pela Defesa Civil do estado nesta quinta-feira (25). De acordo com as informações, todos os 62 municípios amazonenses continuam em situação de emergência devido à seca.

André Di Francesco, advogado e mestre em economia, informa que nos últimos anos, a região Amazônica sofreu de secas extremas. “Isso tem consequências devastadoras. Em primeiro lugar, a seca contribui para os incêndios florestais. A falta de chuva torna a floresta mais suscetível a incêndios, que além de destruí-las, liberam grandes quantidades de óxidos de carbono na atmosfera.”

O advogado destaca que a seca também ameaça a biodiversidade da Amazônia, já que a floresta abriga espécies que podem não ter sido descobertas. Para ele, a seca, junto com o desmatamento, está levando muitas dessas espécies à extinção.

“A seca também tem impactos sociais e econômicos profundos. Milhões de pessoas vivem na Amazônia e dependem da floresta para sua subsistência. A seca afeta a disponibilidade de recursos como a água e alimentos, tornando a vida mais difícil para essas comunidades”, ressalta.

Francesco explica que o reflexo direto na atividade econômica ocorre com a quebra das safras, que tem como consequência o aumento no preço dos alimentos que compõem a cesta básica.

Nível dos rios

O 3º boletim de alerta hidrológico da bacia do amazonas, divulgado pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB), mostra que:

  • Em Manaus, o nível atual do rio Negro é de 20,65 metros
  • Em Rio Branco, o nível atual do rio Acre é de 6,8 metros
  • Em Porto Velho, o nível atual do rio Madeira é de 7,37 metros

Leia mais:

Continuar Lendo
Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Janeiro de 2024 registra superávit recorde da balança comercial brasileira

Valor foi o maior registrado desde 1997, a US$ 6,5 bilhões

Janeiro de 2024 registra superávit recorde da balança comercial brasileira

Janeiro de 2024 registrou superávit recorde da balança comercial brasileira, no valor de US$ 6,5 bilhões. Este é o maior saldo comercial desde 1997.

A China foi a principal parceira comercial a contribuir com este valor, no valor de US$ 2,7 bilhões. Somente este país contribui mais positivamente que a soma de África, Oriente Médio e América do Sul. Estas regiões geográficas juntas (excluindo a Argentina), contribuem com US$ 2,4 bilhões à balança comercial brasileira.

Segundo especialistas da Fundação Getúlio Vargas, os dados evidenciam a importância do Brasil se manter aberto ao comércio internacional — o qual favorece a economia doméstica. De acordo com os pesquisadores, espera-se que em 2024 se mantenha o cenário favorável para o Brasil no setor.

Por atividades, houve uma liderança do saldo positivo por parte da indústria extrativa, com destaques da venda de petróleo bruto e minério de ferro. A agropecuária também apresentou uma variação positiva, comparativamente a janeiro do ano anterior.

As informações são do Instituto Brasileiro de Economia (FGV IBRE).

Fonte: Brasil61

Continuar Lendo

Mundo

PREVISÃO DO TEMPO: quinta-feira (22) com chuva no Maranhão

A temperatura pode variar entre 21ºC e 30°C

PREVISÃO DO TEMPO: quinta-feira (22) com chuva no Maranhão

Nesta quinta-feira (22), o dia começa nublado e com pancadas de chuva em todo Maranhão. No leste e sul maranhense e na microrregião dos Lençóis Maranhenses, as fortes chuvas são acompanhadas por trovoadas isoladas.

Durante a tarde e à noite, as tempestades continuam em todo estado.

No centro, leste e norte maranhense, as chuvas são fortes e acompanhadas de trovoadas isoladas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para perigo de chuvas fortes e ventos intensos em todo Maranhão, atingindo municípios como Araioses, Grajaú e Coelho Neto.

A temperatura mínima fica em torno de 21°C, em Alto Parnaíba, e a máxima prevista é de 30ºC, em Caxias. A umidade relativa do ar varia entre 75% e 95%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Fonte: Brasil61

Continuar Lendo

Mundo

PREVISÃO DO TEMPO: quinta-feira (22) com pancadas de chuva no Piauí

A temperatura pode variar entre 21ºC e 31ºC

PREVISÃO DO TEMPO: quinta-feira (22) com pancadas de chuva no Piauí

Nesta quinta-feira (22), o dia começa nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas em todo Piauí.

Durante a tarde e à noite, as chuvas continuam fortes e acompanhadas de trovoadas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta para perigo de chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos de 60-100 km/h, atingindo municípios como Floriano, Corrente e Simões.

A temperatura mínima fica em torno de 21°C, em Paranaguá, e a máxima prevista é de 31ºC, em Luís Correia.

A umidade relativa do ar varia entre 65% e 95%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Fonte: Brasil61

Continuar Lendo

Destaques